Club Ibérico de Módulos H0

Crónica do Encontro do I Centenário da Estação de Valência

Texto e fotos: Juan Jesús Guillén
Estrutura e adaptação fotográfica: Webmaster
Tradução para o Português: Natacha Santos

A Estação de Valência

O Hall da estação do Norte de Valência foi o cenário que acolheu o Encontro de Outono do Club Ibérico de Módulos H0.

A estação, que este ano cumpre 100 anos de existência, acolheu dentro das suas plataformas de embarque a reunião de Outono do nosso Club, incerido num dos muitos actos celebrados na ocasião da comemoração desta efeméride.

Hall Estación de Valencia -cimH0

Vista do Encontro de Valência

O Club já vinha preparando à dois anos este Encontro neste lugar tão emblemático, pela sua distinção dos outros locais, embora a verdade é que todos os locais são diferentes. Desde a sua fundação, o cimH0 já realizou encontros em espaços tão exclusivos como o museu do Entroncamento ou o hall do Palácio do Gelo de Jaca, mas nunca se tinha feito nenhum nas plataformas de embarque de uma estação em funcionamento. Isso colocava alguns problemas como a restrição de espaço, que obrigou a que muitos módulos ficassem em casa, ou o ruído ambiente, mas era tudo uma questão de adaptação.

Imperiales en Cotos - cimH0

Algo que só se poderia ver numa maquete, um comboio de “Imperiales” em Cotos

A maquete

Pelos motivos antes descritos, a maquete não podia ser como noutras ocasiões; neste caso não existiu nenhuma bifurcação, pelo que o desenho inicial do circuito foi um “ponta a ponta” em forma de quadrado de 25 X 25 metros aproximadamente. Poucos dias antes da abertura comunicaram-nos que havia uma zona do hall que não poderíamos usar, pelo que tivemos que mudar o desenho do circuito que finalmente adoptou a forma aproximada de um G.

El Cabañal - cimH0

Ambiente anos sessenta na estação de El Cabañal

Resolvidos estes inconvenientes, os participantes começaram a chegar durante o dia de quinta-feira. Conforme iamos chegando indicavam-nos o sítio onde nos correspondia instalar os nossos módulos; lovo viria a fase de os montar e ajustar, estender os cabos de alimentação, de loconet, montar a central principal, os comandos, os booster… enfim, una liturgia que se repete de encontro para encontro e que se prolongou durante a tarde de quinta-feira e manhã de sexta-feira até às onze e meia, hora em que o circuito foi dado como montado, ajustado e começava a circuçar o primeiro comboio de teste.

San Felices - cimH0

Apeadeiro de San Felices

O circuito desta ocasião totalizou mais de noventa metros e começava no conjunto que reproduzia uma “Pequeña Reserva”; a seguir encontrávamos a estação El Cabañal, reproduzida na época en que a via ainda não estava subterrada, depois vinha a “Estación Clasificación” com a sua ampla praia de vias para estacionar composições; Las Fuentes, Orduña e San Felices eram os siguintes pontos de cruzamento e manobra para terminar na estação de Cotos. Entre elas, módulos de passagem e curvos formavam el circuito. Os apeadeiros de Mithril e El Silo foram dois pontos que tiveram importância nas manobras que se realizavam já que, de entre os comboios que circularam, havia um que se dedicava a recolher e deixar vagões em pontos previamente estabelecidos.

Depósito de tracción 1 - cimH0

Depósito de tracção 1

Circulações

Existiram mais manobras como, por exemplo, os comboios que mudavam de tracção em Orduña. O resto dos comboios circularam, como vem sendo habitual, com horário, apesar que de o ruído ambiente não favorecia as comunicações entre estações. As circulações eram ibéricas das épocas IV e V na sexta-feira e sábado de manhã, e épocas I, II e III no sábado de tarde e domingo.

ABJ en Orduña - cimH0

O ABJ prepara-se para iniciar o seu serviço na estação de Orduña

Não faltaram composições emblemáticas que circularam, na sua época pela zona de Valência, como os famosos “Imperiales”.

Imperiales en La Alverca - cimH0

“Imperiales” passando por “la Alverca”

Muito público passou pela exposição durante o fim de semana, algo lógico dada a sua localização. Para os participantes neste encontro foi uma honra poder fazê-lo num lugar com tanta história e já estamos a preparar o próximo que será na próxima Primavera de novo em Jaca. Daqui até lá o club participará noutros eventos, de maior ou menor escala, e podemos dizer que não paramos de crescer e nos consolidarmos como um dos melhores clubes de “modulismo” a nível ibérico.

Expreso Estrella en Las Fuentes - cimH0

“Expreso estrella” passando por Las Fuentes

Tren de torpedos exclusivo - cimH0

Comboio de “torpedos”, modelo exclusivo do CIMH0

Depósito de tracción 2 - cimH0

Depósito de tracção 2

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para mejorar su experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y de nuestra Política de Cookies, pinche el enlace para mayor información.Más información sobre Cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies